Ânsia

27 05 2009

Não há nada como ter uma agenda. Aliás, em Português o termo é um pouco perverso: segundas intenções. Podemos baptizá-lo: intenções implicitas. Se as coisas que nos rodeam não nos conseguem tocar, porque estamos “com um projecto”, então acabamos por viver uma vida de ãnsia.

No último episódio que vi do Heroes, na série 1, “Parasite” episódio 18, quando o candidato Petrelli  finalmente conhece o Linderman, as palavras do mafioso de Las Vegas, são acutilantes:

“Chega uma altura na vida em que o homem tem de perguntar-se se quer viver uma vida de felicidade ou uma viva de missão (tradução livre de “meaning”).

Não se pode ter ambas.

São caminhos muito diferentes. Para ser verdadeiramente feliz um homem deve viver o momento, sem pensar no que passou, nem sequer no futuro.

Mas … uma vida de significado, de missão, o homem está condenado a vaguear no passado obcecado com o futuro.”

Brutal.

heroes-s01e18


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: